Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Lisboa’

É claro que o Cannes Lions é o grande dragão branco da publicidade e do marketing mundiais. Lida com as grandes estruturas, as grandes questões, os grandes players. Tanto é assim que a Aktuell estará lá este ano, hehe, de uma forma muito bacana: o presidente do grupo, Rodrigo Rivellino, vai liderar um dos workshops da programação oficial de 2010, como você já viu aqui.

Porém, quando você deixa um pouco de lado a avalanche de análises, estratégias e vicissitudes da alta roda do marketing, que podem sufocar a maioria dos vencedores de Cannes, o principal encontro da criatividade mundial voltado para o design e a tecnologia, e voltado de fato para quem cria e desenvolve soluções, atende por outro nome: OFFF – International Festival for the Post-Digital Creation Culture, sobre o qual já falamos algumas vezes aqui no blog.

Já realizado em Barcelona, Nova Iorque, Lisboa e Oeiras (Portugal), o OFFF´10 desembarca este mês em Paris, no meio da Copa e do próprio Cannes Lions.

É tanta coisa pra se ver quem nem vale a pena começar por aqui. Portanto, respire fundo, separe um tempinho e perca-se no mundaréu de informações sobre criativos e artistas participantes, programação e atividades especiais visitando os links do portal oficial. Satisfação garantida!

Alisson Avila

Anúncios

Read Full Post »

Qualquer pessoa que trabalhe com arquitetura comercial ou efêmera precisa conferir o show de imagens que são os estandes dos países na Expo Shanghai 2010, aberta na China no final de semana.

Aqui e aqui você confere a relação de todos os espaços, via site oficial, exibindo conceitos, maquetes e projeções. E esta aqui é uma apresentação simples e direta, com algumas das imagens mais bacanas. Começamos pelo Brasil:

A linguagem arquitetônica “ninho do pássaro”, com suas formas mais arredondadas e fluidas – e que foi trazida ao mainstream justamente pela Olimpíada na própria China – não aparece apenas no estande do Brasil. É o caso de Cingapura também:

Enquanto este estilo se consolida, muita gente segue falando mal daquele que seria o horrível logo – programação visual da Olimpíada de Londres, em 2012. Sua geometria assimétrica, as sobreposições e inversão da perspectiva, em ângulos negativos, é usualmente vista como uma iniciativa “feia”.

Mas o feio é o novo bonito… E, tendo em mente que os ingleses não criaram esta proposta do nada, a geometria aparece com tudo em diversos estandes. É questão de tempo para a linguagem dominar estilo e moda:

N0 quesito “beleza pura e simples”, destaque para a Inglaterra, Austrália, México e sobretudo Hong Kong:


 

Mas, de tudo o que conseguimos conferir pela rede até agora, o espaço mais bonito talvez seja mesmo o da Espanha, com sua incrível capacidade de provocar uma sensação orgânica e natural a partir de uma grande estrutura fixa com jogo de luzes:

Por fim, quando o assunto é freakin’ out, o destaque vai sempre para a Holanda:

É engraçado como nada se perde, tudo se transforma: talvez um dos conceitos mais antigos da industrialização e da internacionalização comercial (a palavra “globalização” vem muito depois), as “exposições mundiais” ou “feiras mundiais” seguem mais interessantes do que nunca, ao se transformarem para as causas e relações diplomáticas do século 21. O próprio fato de acontecer na China, um país símbolo da era dos extremos, ilustra isso. 

As viradas urbanísticas e mesmo de relações internacionais que estes encontros proporcionam – a exemplo da Expo 98, que ressuscitou Lisboa para si e para o mundo – estão em cheque nesta edição. A agenda temática chinesa já esqueceu a saída do Google e substituiu seu setting por esta mega-distração chamada Expo Shanghai. Com seis meses de duração, ela possui o dobro de área que o Principado de Mônaco e “leva o mundo globalizado”, mas do jeito que o poder central condiciona, para dentro de um país alienado pela lógica da produtividade.

Na ausência de quem faça isso no Brasil, apelamos para esta matéria analítica da imprensa portuguesa, citando vários jornais de diferentes países, com uma leitura política e simbólica sobre o papel da Expo Shanghai para o poder central de Pequim e para a posição da China no mundo.

Alisson Avila

Read Full Post »

Pensamos em colocar um mapa moderninho e cheio de conexões, mas este é muito mais classe

Pensamos em colocar um mapa moderninho e cheio de conexões tecnológicas para falar sobre a abrangência do blog... mas este old school é muito mais classe

A cobertura da Aktuell para o Festival de Cannes ainda nem acabou de ser postada aqui no blog (aguarde…) e já temos mais uma intrépida representante da agência nos contando novidades da música, do comportamento e do mercado pelo mundo.

Enquanto a equipe da agência manda coisas de São Paulo e da internet, e este que vos escreve envia novidades e insights de Lisboa e da europa ocidental (aguardem muitos outros posts sobre cidades visitadas e coisas acontecendo por aqui ao longo das próximas semanas), nossa inefável planejadora Aline Gomes começa a postar esta semana o seu Diário Dinamarquês. Preparem-se para conferir o olhar novinho em folha da Aline sobre o que acontece em um dos países mais desenvolvidos do planeta.

Alisson Avila

Read Full Post »