Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘twitter’

Da esquerda para a direita, amigos em Cannes: Alexis Pagliarini, VP da Ampro; Philip Thomas, CEO do Cannes Lions; Luciana Ferres, diretora de marketing da Coca-Cola; e Rodrigo Rivellino, nosso palestrante


Cannes Lions 2010: mais do que analisar campanhas ou projetos de Promo, Integrated, Titanium ou Cyber, que têm a ver diretamente com o negócio da Aktuell, o grande barato de atravessar o oceano para estar lá é perceber, ao vivo, o que acontece no entorno do festival. Esta grande confraternização do mercado permite compartilhar com vocês, aqui neste artigo, minha impressão sobre Cannes em 2010 e o que penso desse grande festival para os próximos anos.

O grande charme e potencial de Cannes hoje não é mais a novidade das campanhas ou projetos: o aspecto surpresa, ou aspecto espanto, não vi em nenhum momento. Inclusive este ano não tivemos nenhum case absoluto ou surpreendente como em 2009, ano de grandes vitórias do “Melhor Emprego do Mundo” e do case de Barack Obama. Entendo que isso se deva ao fato de hoje termos quase tudo no You Tube, ou seja, não precisamos mais ir a Cannes para saber das novidades…

Então faço uma analogia ao Twitter, ferramenta de comunicação tão presente hoje na vida das pessoas. Por qual motivo? O Twitter é uma ferramenta onde as pessoas querem encontrar umas às outras, têm vontade de compartilhar, discutir, analisar e até pesquisar sobre suas vidas e conteúdos… Portanto, para mim, Cannes é o “Twitter offline” da comunicação.

A grande fortaleza deste festival é ainda conseguir reunir grande parte do mercado global de comunicação em um só lugar. Ou seja, em Cannes, as principais cabeças da criação e do marketing podem desfrutar de um ambiente totalmente adequado, com todo o charme e a tranqüilidade que a cidade oferece, para poder encontrar os amigos, clientes, concorrentes… conversar e debater sobre o universo da comunicação e os seus negócios… e, se aproveitando do conteúdo disponível, desenvolver inúmeras reflexões fora do dia a dia das agências, empresas, clientes e grandes centros urbanos!

Tive momentos que com certeza não seriam possíveis na correria do Brasil: sentar com o André Lima da NBS, o André Augusto da F/Nazca e o Julio, aqui da Aktuell, para analisarmos as campanhas; discutir sobre o modelo de negócio das agências; e olhar para o futuro do festival (o que, de longe, deveria sempre ser nossa função…). Ou então ter um almoço sossegado com a Luciana da Coca-Cola e o Breek, da Embratur, onde falamos em profundidade sobre diversos assuntos; ou ficar 30 minutos com os felizes Musa e Anselmo, da Ogilvy no terraço do Plaza. Ou mesmo passar uma manhã toda trocando ideias, finalizando e analisando as apresentações do workshop que fizemos em Cannes.

Com isso, para mim, a grande riqueza do festival está na convivência e não na novidade. Cannes é uma ótima oportunidade para o tão desejado “stop” ao longo do ano, junto a um conteúdo fértil e pessoas brilhantes que, com certeza, no seu dia a dia também não tem essa condição. Estar em Cannes é viver um grande “Twitter offline” do mercado, onde o diferencial é compartilhar e conviver!

Rodrigo Rivellino

Anúncios

Read Full Post »

Imperdível este artigo da Fast Company sobre o outro lado da procrastinação – a maneira técnica de chamar o “empurrar com a barriga”. Já parou pra pensar que, enquanto você enrola pra fazer aquelas coisas prioritárias e se dedica às coadjuvantes, você está melhorando outros aspectos da sua vida que não o essencial para aquele momento? Hum, me identifiquei 🙂

E uma espécie de procrastinação paralela também pode acontecer quando você pensa nas milhares de contas de Twitter que você TEM que seguir (socorro). Ou de contas novas que você TEM que descobrir. Escravidão? Seus problemas acabaram! Vem aí o Twitter @Anywhere.

(engraçado que as informações estão num blog… afinal tem coisas que não cabem em 140 caracteres)

O aplicativo vai levar o Twitter para dentro das páginas da web, sem você precisar acessar uma nova guia. É mais do que a janelinha tradicional: é o aplicativo embedado mesmo. Se por um lado parece insano tirar o tráfego da sua URL, por outro pode ser a tábua de salvação para este serviço de sucesso massivo, a exemplo do You Tube, mas que ainda não encontrou um modelo de negócio lucrativo.

Alisson Avila

Read Full Post »

A arte vencedora, criação do honorável T!

Repare nos dedos...

Pois é, o Brasil ganhou. E imediatamente soltamos um super concurso cultural interno na Aktuell sobre a vitória do Rio de Janeiro em 2016 com a seguinte pergunta: “O que um torneiro mecânico diz para um sociólogo nessa hora?”

O povo da agência enviou uma série de sugestões, entre imagens (criadas ou catadas na rede) e frases:

olimpo 2


“Você não conseguiu fazer nada disso no seu governo porque é muito cheio de dedos”


olimpo 5


“RONALDO”

“Assim não pode. Assim não dá. Pra dar certo, só privatizando o Rio”


olimpo 4

A eleita foi a primeira candidata: uma brincadeira do nosso assistente de arte Wirley Almeida, o T, em cima da mão sem um dedo do Lula, da vitória da candidatura do Rio e do logo da derrotada Madri.

E o que aconteceu? Resolvemos twittar e conferir se o público online votaria na opção escolhida. O resultado é sensacional:

Ínicio da postagem no twitter: 15:40
Mais de 44 Retwittes em menos de 10 minutos.
Total de cliques diretos: 632 vezes
Total de views da em três horas: 1.672

twitter


twitte

Quais as conclusões?

1 – Estar aberto para a brincadeira é fundamental no processo criativo, e por conseqüência também fundamental no sucesso e engajamento de qualquer ação. No ambiente digital, isso gera audiência para marcas, pessoas ou agências. E inclusive para o T.

2 – O mundo do marketing talvez ame mais o Twitter do que os próprios usuários por um simples motivo: a ferramenta nasceu com todo tipo de mensuração possível. Tudo o que se precisa em tempos de (justificada) paranóia ROI.

1
Criatividade é Motivação. Não seja um Padeiro – Jardineiro.

Da redação

Read Full Post »

16062009007

Por qual delas você veste a camiseta? Clique aqui e leia o excelente e detalhado levantamento, feito pelo Clube de Criação de São Paulo (CCSP), sobre a relação entre os seguidores do Twitter e as marcas no Brasil.

((Momento seda rasgada: parabéns à Laís e à Valéria, que há anos tocam este site com muita qualidade de conteúdo.))

Alisson Avila

Read Full Post »

foto: André Porto/Folha Imagem

foto: André Porto/Folha Imagem

Agora sim: você não entendia a utilidade do Twitter? Além da comunicação instantânea, fique sabendo que o serviço de microblogging também é uma espécie de testemunha-chave para a libertação de réus em assassinatos. Leia aqui e entenda tudo.

Vamos nos eximir de qualquer piada sobre perfis falsos ou acesso à tecnologia na prisão. Mas uma não dá para deixar escapar: uma das partes envolvidas no caso fala que Suzane von Richthofen não tinha acesso a computadores na prisão para poder ter um perfil no Twitter.

Mas por acaso esta bagaça não funciona (e bomba) em celulares?

Se o Judiciário Brasileiro precisar fazer uma campanha digital para explicar sua utilidade, especialmente quando o tema é impunidade, é melhor pedir uma consultoria. Pode ser a própria Aktuell: teremos prazer em contribuir por esta instituição tão vilipendiada. Se for para reduzir a impunidade generalizada com que convivemos no dia a dia, faremos com prazer.

Seja um perfil verdadeiro, seja de alguém que inventou a brincadeira, ambas as partes devem estar tremendo na base neste momento. Ah sim, esquecemos da impunidade…

Alisson Avila

Read Full Post »

twitter

@AA-GG estes tweets servem p mostrar q, meu, ainda é ruim d trabalhar marcas c/ o Twitter. O sistema é ótimo, mas q tal parar d pagar pau?

@AA-GG a palestra do Biz Stone, co-fundador do Twitter, entupiu d gente. Mas case q é bom, nada. O mais relevante foi d 1 padaria.

@AA-GG n somos contra. Mas n adianta só dizer q é incrível. O fato é q poucas marcas conseguem fazer algo relevante c/ a plataforma.

@AA-GG mas quem discorda d nós q prove o contrário. N vale falar d futuro…

@AA-GG tudo bem q sempre é assim qd o assunto é 1 novidade tecnológica. Há 1 caminho a ser percorrido.

@AA-GG nós já lemos o mega-Twitter da Pepsi. E dali n sai quase nada.

@AA-GG pq toda nova plataforma digital deve ser 1 revolução q gere branding e milhões? N basta ser útil, tipo Flickr? Kd o shortlist de Cyber…

@AA-GG a palestra entupiu d gente pelo hype, não pela contribuição final. Real time conversation is always good, but let´s take it easy.

Bjo me rtw,

AA e GG
de Cnns

Read Full Post »

Twitter Office

Trabalhar no Google é passado. O hype agora é trabalhar no Twitter.

A Folha de São Paulo visitou o escritório dos caras em São Francisco e tirou algumas fotos. Leia o resto da matéria aqui.

Read Full Post »